Prefeito realiza sonho dos parnaramenses urbanizando cais

 

O prefeito Raimundinho Silveira, ao inaugurar o cais da cidade, totalmente readequado, anunciou que seu mandato tem obras para o mandato inteiro, graças à determinação e à vontade política de uma gestão experiente e voltada para o bem-estar da população. A festa reunião os deputados Rubens Júnior (federal) e Othelino Neto (estadual, com a esposa Ana Paula), lideranças locais e grande público, para celebrar uma obra esperada há anos.

Recepcionados pelo prefeito, primeira-dama, secretariado, lideranças políticas e comunitárias e populares, os dois parlamentares exaltaram a administração municipal, cumprimentaram o povo pela sexta eleição de Silveira, destacaram a importância social e econômica do cais e reafirmaram sua parceria com a gestão. O cais vai estimular a economia local e facilitar a mobilidade de quem sai ou chega à cidade pelo Rio Parnaíba.

Homenagem – Por iniciativa da Câmara (vereador Miguel Tiririca propôs e a aprovação foi unânime) e sanção do prefeito, o cais foi batizado com o nome de Juarez Nunes Leal, saudoso líder municipal, pioneiro da soberania do lugar, homem de sete instrumentos enquanto viveu: foi servidor público, juiz de paz, jornalista, delegado, poeta e mais o que lhe foi atribuído a fazer. A viúva dona Esmeralda Assunção e os filhos (são 12) acompanharam a aposição do nome e agradeceram pela lembrança.

A viúva se disse emocionada. Em nome da família falaram os filhos Antônio João e Eldo. Eles consideraram a homenagem merecida “por tudo que ele representou para a história de Parnarama, da fundação à consolidação do município; pelos cargos que exerceu e pela contribuição que deu ao crescimento da cidade”. Eles agradeceram aos vereadores pela proposição e ao prefeito (“amigo tradicional e fiel do nosso pai”) pela sanção.

Manifestações – Para o deputado Rubens Júnior a obra é a afirmação do poder construtor de Raimundo Silveira e da experiência consolidada ao longo dos seis mandatos prefeiturais, dados a ele pela confiança adquirida junto ao povo parnaramense. “Ele é campeão de mandatos no Maranhão inteiro. Aqui vemos mais um fruto do trabalho dele. Pouquíssimas cidades têm a quantidade de obras que vemos em Parnarama”.

O deputado estadual Othelino Neto focou na beleza e na praticidade que o cais deu ao espaço e na realização do antigo sonho da comunidade para a obra. Disse que ela se soma às muitas obras que o prefeito tem realizado somente no atual mandato (o sexto de sua trajetória política no município). Indagado sobre o pedido de mais asfalto feito pelo prefeito, informou que vai buscar o atendimento, embora revelasse que as ações do programa já estão presente no município.

Obra cara – Nas entrevistas que concedeu, o prefeito anunciou para os próximos dias a entrega de uma escola municipal, que considera “a mais bem estruturada do país no gênero”. Disse estar faltando apenas o mobiliário para a inauguração oficial e o aproveitamento pela nova leva de estudantes que se utilizará da unidade, ampliando a oferta de vagas no ensino local. “Se eu inaugurar obras todo dia, passarei o mandato inteiro inaugurando e ainda sobra”, disse comemorando.

Com ele concorda o secretário municipal de Planejamento, Breno Silveira, para quem Parnarama se transformou num canteiro de obras, mesmo enfrentando dificuldades de ordem econômica, ditadas pela pandemia que assolou o mundo por dois anos. “Mas aqui não esmorecemos e retomamos gradualmente nossa capacidade de realizar”, celebra o secretário. Dentre as obras recentes ele destaca a maior escola municipal, 40 quilômetros de pavimentação asfáltica e 350 quilômetros de tratamento de vicinais.

Rodovias/sonho – Prefeito e secretario destacaram a contribuição do governo federal para a obra do cais, mas não esqueceram de exaltar a importância da parceria dos dois parlamentares, do ex-governador Flávio Dino, do governador Carlos Brandão nas realizações feitas em Parnarama. Os dois aguardam a ligação definitiva, por asfalto, de Parnarama com Lagoa do Mato e serviços de consolidação da MA-040, de Parnarama a Teresina, prometidas por Brandão, “que é da região”.

O vice-prefeito Gilson Moura classificou o cais de “obra faraônica” (no bom sentido, considerando a grandeza, a beleza e a importância econômica), sonho inimaginável que, enfim, saiu do papel. “Resultado da vontade política de um prefeito que conhece a necessidade de aproximar a população das necessidades básicas de mobilidade”, classificou. O vereador Miguel Tiririca disse que sonhou com esse cais quando era criança e celebrou o fato de poder propor o nome de Juarez Nunes Leal, na qualidade de vereador na atual legislatura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.