Estado estimula o desenvolvimento em Cururupu

 

Com oferta de serviços e entrega de material a pequenos e médios empreendedores, o Governo do Estado (leia-se Flávio Dino) participou dos 180 anos de emancipação político-administrativa de Cururupu. O prefeito Aldo Lopes liderou as festividades e celebrou o fato de, em dez meses de gestão, ter reanimado a esperança dos cururupuenses.

O ânimo desenvolvimentista, experimentado pelos dirigentes e beneficiários da ação social dos governos – estadual e municipal – marcou o clima de comemoração. Dele participaram os deputados Aluísio Mendes (federal) e Márcio Honaiser (estadual, licenciado para comandar a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

Presentes – Cururupu completou 180 anos de soberania a 3 de outubro. O domingo foi dedicado à festividade e a recepção dos portadores de presentes. O deputado Marcio Honaiser levou 50 equipamentos para pequenos empreendedores, já treinados, iniciem seus pequenos negócios, conforme a vocação manifestada durante o treinamento. Também levou ordens de serviço, encaminhadas pelo governador Flávio Dino, para a construção do Restaurante Popular, que será entregue ainda este ano.

O deputado Aluísio Mendes revelou o envio de emendas parlamentares para fortalecer a rede sanitária (oito unidades básicas de saúde), promover a pavimentação com bloquetes, abrir e conservar estradas vicinais. Para breve, negociará recursos para a reforma da sede da Prefeitura e conclusão de obras inacabadas no município, principalmente creches.

Agradecimentos – O prefeito Aldo Lopes, o vice Gustavo Pestana, o líder do governo municipal na Câmara, vereador Marcos Soares, e o presidente da Câmara, Antônio Silva (Vereadora Pinto) concordaram unanimemente que a parceria com o Governo do Estado tem rendido frutos os mais valiosos. Consideram a experiência muito válida para expressivas conquistas sociais.

Os vereadores enalteceram a aliança existentes entre os poderes municipais, destacaram a determinação e a vontade política do prefeito. O vice festejou o clima de entendimento existente entre as lideranças, o que contribui, segundo ele, para a transcorrência de uma administração voltada para os altos interesses comunitários e para o bem-estar da população carente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.