Cândido Mendes quer parceria para ponte sobre o Maracaçumé

O prefeito de Cândido Mendes, José Bonifácio de Jesus (Facinho), espera ganhar a parceria do Governo do Estado para construir a ponte sobre o Rio Maracaçumé, que banha 11 municípios maranhenses e representará a integração de 40% do seu vasto território e a ligação do município com seus vizinhos. A obra permitirá escoamento de farta produção e circulação de riqueza representada por vários gêneros cultivados na região, proporcionando até mesmo a integração comercial com Estados vizinhos.

O cenário serviu de fundamentação da proposta do prefeito apresentada ao governador Flávio Dino durante a visita deste a Cândido Mendes nessa semana. A população local e as vizinhas aspiram por essa obra de arte há anos e Facinho resolveu enfrentar o desafio. Paralelamente à conversa com o governador do Maranhão, o prefeito iniciou negociações com a Caixa, para contratar o financiamento; e pretende sensibilizar o grande parceiro político da região do Gurupí, o deputado federal Josimar Maranhãozinho. Facinho acredita que todas estas lideranças se associarão para a construção.

Parcerias – Duas propostas foram colocadas perante os possíveis futuros parceiros: o projeto que inclui o Porto do Raul, com 170 metros de extensão, mais caro; e o que elege o Porto da Juçareira (ou Jussareira), com 130 metros e de custo menos oneroso. O prefeito aceita aplicar 50% de recursos de responsabilidade do município e receber aporte financeiro de 50% de outro ou outros empreendedores. A disposição dos interlocutores conversados não foi tornada pública pelo prefeito, mas ele acredita que a obra ficará pronto no seu mandato e com as participações acima mencionadas.

Em busca de baratear o projeto e torná-lo resistente às intempéries, Facinho esteve em Parauapebas, no Estado do Para, procurando por sobras de trilhos. Este material pode ser de grande valia para a ponte (ou pontes) que pretende construir. Diz que as obras de madeiras precisam ser substituídas periodicamente, pela vulnerabilidade, insegurança e falta de durabilidade, “além dos prejuízos que causa ao meio ambiente pelo corte de árvores”. Facinho acredita que, pelo contexto da obra, ela atrairá os investidores que ele contatou e se traduzirá num importante instrumento de progresso regional.

Josimar/Detinha – Sobre o papel que Josimar Maranhãozinho, sua esposa e deputada estadual Detinha, ambos expressivamente votados no município, exercem nas pretensões municipais, Facinho é só elogios.” Os dois têm demonstrado singular apreço pelas ideias manifestadas pela gestão municipal, pelas lideranças políticas e comunitárias. E respondido à alturas das necessidades dos pleitos apresentados”. Facinho enumera alguns benefícios que foram trazidos pelos parlamentares: quilômetros de asfalto, que se renovarão em agosto próximo, recursos para a Saúde, a Educação; neste particular, estão projetados quatro ginásios poliesportivos, creche, duas escolas com quadras cobertas, entre outros empreendimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.